Alex Salvini: Piloto Borilli fez bonito na abertura do Italiano de Enduro

Por Sílvio Bilhar/ Renato Borilli | Fotos por Divulgação Borilli Racing | 06 de julho de 2020 - 20:19

Piloto Alex Salvini teve excelente desempenho com os pneus brasileiros nas duas primeiras etapas da competição, que aconteceram neste fim de semana na cidade de Carpineti.


No sábado, o atleta Borilli enfrentou problemas com a suspensão, mas mesmo assim terminou em segundo na classe 450cc e décimo na geral.
Na segunda etapa, neste domingo, Salvini se superou com mais um segundo lugar na 450cc e quarto na geral, somando importantes pontos no campeonato.
Outro destaque foi para o Italiano Michael Pogna, que competiu pela Copa FMI, competição que ocorreu junto com o Italiano de Enduro. Pogna foi quem dominou a categoria 2T e levou também o título da geral.
O desempenho dos pneus Borilli foi essencial para o bom desempenho dos pilotos e a marca já vem chamando muito a atenção no mercado europeu pela excelente qualidade e performance.
O Campeonato Italiano é uma prévia do Mundial, já que reune quase 90% dos pilotos e equipes de toda a Europa.
A prova de Carpinati contou com mais de 250 pilotos e foi acompanhada de perto pelo presidente da empresa, Renato Borilli, que vem desenvolvendo os pneus junto com seus pilotos.


Além do pódio, a Borilli também foi destaque nos boxes, com o Borilli Racing Service, estrutura dedicada para dar suporte aos pilotos que utilizam os pneus da marca, e com a belíssima Borillete Italiana Diana Farkas.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Sílvio Bilhar começou em março de 1995 o jornal O Podium, exclusivo sobre motociclismo, antes disso teve participação durante 3 anos no Jornal Pit Stop (Hoje é Revista). Estudou Relações públicas na FEEVALE em N.Hamburgo, Jornalismo em São Leopoldo e fez diversos curso de aprimoramento, entre eles de Publicidade e Marketing e de Jornalismo Esportivo, cuja aprovação foi com louvor. Ainda hoje é editor e proprietário do Jornal O Podium cujas informações é de ser o único do estilo no Brasil. Assumiu o Mundocross após o falecimento de seu grande amigo Jorge Soares, que chegou a escrever por alguns anos uma coluna no Jornal. Ambos parceiros e colaboradores nos dois veículos. Natural de Montenegro/RS, nasceu em 10 de fevereiro de 1965. Mora a mais de 25 anos em Novo Hamburgo, região da Grande POA no RS.

Desenvolvido por GetFly