Tudo pronto para a abertura do Brasileiro e Gaúcho de Velocross em Tupanciretã

Por ´Sílvio Bilhar/Guilherme Augusto | Foto por Divulgação FGM | 09 de outubro de 2020 - 19:10

Rio Grande do Sul está pronto para receber a abertura do Brasileiro de Velocross 2020Depois de meses de espera, enfim os motores voltarão a roncar pelo Campeonato Brasileiro de Velocross. A competição realiza sua primeira etapa da temporada 2020 nos dias 10 e 11 de outubro, em Tupanciretã. A prova também será válida como abertura do Campeonato Gaúcho da modalidade.


O pequeno município na região central do Rio Grande do Sul, a 90 quilômetros de Santa Maria, é pura expectativa. Pilotos e equipes serão recebidos na estrutura que está sendo montada junto ao Parque Motonáutico, bem como em sua pista de aproximadamente mil metros.
Considerado um dos mais tradicionais do estado, esta será a primeira vez que o traçado recebe o evento nacional. Ele se destaca pelo tipo de solo, solto, arenoso, e também pela constante manutenção.


Desta forma, os organizadores Jeferson Machado, Julio Balzan e Rodrigo Von Ende, Paulo Basso, estão trabalhando arduamente para mostrar ao país o potencial da cidade e do estado no Velocross. “A pista está recebendo um cuidado ainda mais especial e, também, terá manutenção a cada duas ou três baterias durante o evento. Ou seja, os pilotos podem ter a certeza de que irão encontrar um local em condições exemplares”, destaca Jeferson.

Além disso, a prova será realizada com total apoio do Município de Tupanciretãrepresentado pelo prefeito Carlos Augusto Brum de Souza, o Guga. Outra parceira da realização é a Secretaria Municipal de Saúde, sob comando de Ezequiel Franceschette Cella, com atenção especialmente aos protocolos de saúde.

Por falar neles, uma série de cuidados sanitários serão adotados na ocasião. Destaque ao uso obrigatório de máscaras em todas as dependências do Parque. Também, à medição de temperatura, que será aplicada em todos os membros das equipes e organização, e ao distanciamento que deve ser mantido no parque fechado.
Ainda, será permitida a presença na pista de apenas um membro da equipe por piloto participante. E, obedecendo ao decreto municipal, a presença do público também está vetada em todo o Parque, configurando um evento sem público.

Inscrições:
Ao todo, serão 22 categorias em disputa e, desta forma, são aguardados aproximadamente 250 pilotos.
O investimento é de R$ 110, cada e as inscrições devem ser realizadas no site da Sportbay: eventos.sportbay.com.br. Para efetuar o cadastro é preciso estar em dia com a filiação 2020/2021, sendo que quem assinar agora permanecerá filiado até o final do próximo ano.
Mais informações podem ser obtidas no site da Federação Gaúcha de Motociclismo (http://fgm.esp.br) ou pelos telefones 55 9.98414-0187 e 55 9.8413-0187.

Programação:
Sábado
9h – Treinos livres
11h30 – Treinos cronometrados
14h – Provas
16h30 – Premiação
16h50 – Provas
Domingo
8h – Warmup cronometrado
11h40 – Provas
13h30 – Abertura oficial
14h – Provas
15h20h – Premiação
16h – Provas

Categorias:
Mini Motos
Tr 100 Infantil
65 Cc
Junior
230cc (light) Original
Nacional 250 Intermediaria
Nacional 250 Pr
Nac. Força Livre
Vx 3 Nacional
Vx 4 Nacional
Vx 45 Nacional
Vx 50 Nacional
Vx 2 Intermediária
Vx 1 Intermediária
Vx 1
Vx 2
Vx 3 Especial
Vx 4 Especial
Vx 45 Especial
Vx 50 Especial
Vxf Especial
Vxf Nacional

Os campeonatos Gaúcho de Motocross e Gaúcho de Velocross têm patrocínio oficial de PRO TORK, a maior fábrica de moto peças da América Latina; BORILLI RACING, Pneus Off Road – A nossa vida é OFF ROAD; YAMAHA RACING, Concessionárias Moto Sport.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Sílvio Bilhar começou em março de 1995 o jornal O Podium, exclusivo sobre motociclismo, antes disso teve participação durante 3 anos no Jornal Pit Stop (Hoje é Revista). Estudou Relações públicas na FEEVALE em N.Hamburgo, Jornalismo em São Leopoldo e fez diversos curso de aprimoramento, entre eles de Publicidade e Marketing e de Jornalismo Esportivo, cuja aprovação foi com louvor. Ainda hoje é editor e proprietário do Jornal O Podium cujas informações é de ser o único do estilo no Brasil. Assumiu o Mundocross após o falecimento de seu grande amigo Jorge Soares, que chegou a escrever por alguns anos uma coluna no Jornal. Ambos parceiros e colaboradores nos dois veículos. Natural de Montenegro/RS, nasceu em 10 de fevereiro de 1965. Mora a mais de 25 anos em Novo Hamburgo, região da Grande POA no RS.

Desenvolvido por GetFly