Balbi está animado para correr o Brasileiro de MX

Foto por Fred Mancini | 01 de abril de 2010 - 15:00

Após quatro anos competindo nos Estados Unidos, o piloto mineiro Antonio Jorge Balbi Júnior, da equipe 2B Duracell Racing, está de volta ao Brasil, e não apenas para participar de uma ou outra etapa, como vinha fazendo nas últimas temporadas, mas para realmente disputar o título do Campeonato Brasileiro Pro Tork de Motocross 2010.

“Estou com uma expectativa muito grande e super empolgado para voltar a correr no Brasil. Minha equipe, a 2B Duracell Racing, trabalhou duro no período fora de competições, conquistou bons patrocinadores e desenvolveu bem o equipamento. Fiz minha pré-temporada bem puxada na Califórnia e agora estou só acertando a moto aqui em Belo Horizonte”, declarou Balbi Jr. “A primeira corrida de um campeonato é sempre difícil, e apesar de muito tempo afastado daqui, estou animado e bem empolgado para correr o Campeonato Brasileiro”, completou o mineiro.

Balbi, que tem como companheiros de equipe a irmã Mariana Balbi, Erick Bretz, e o catarinense Christopher ‘Pipo’ Castro, falou também sobre o que espera da etapa de Siqueira Campos, no Paraná, na abertura do Brasileiro de MX no dia 11 de abril, e sobre a volta de Carlos Barbosa ao circuito nacional.

“Admito que conheço pouco a pista de Siqueira, mas há dois anos, quando meu pai trabalhava com a Pro Tork, andei por lá algumas vezes. Qualquer pista pode ser boa, só depende do trabalho de preparação, molhando bastante e gradeando bem a pista. Tivemos exemplo em Canelinha, que, na minha opinião, não era das melhores, e, com o trabalho para o Mundial, se transformou na melhor pista do país. Acho que com essa nova infraestrutura da CBM, as pistas também irão melhorar seu nível técnico”, disse Balbi.

“Já o retorno de Carlos Barbosa é fantástico. Sou suspeito em falar, pois é um público que sempre me empolga. Há três ou quatro anos, quando ainda corria o Brasileiro, tive a felicidade de participar de duas provas em Carlos Barbosa e vencer as duas. Fico super feliz de voltar a correr por lá”, garantiu Balbi.

JORGE BALBI Jr. PEDE A UNIÃO DO MOTOCROSS BRASILEIRO

Experiente e com um currículo repleto de vitórias e conquistas, Jorge Balbi Júnior sabe que o momento agora é de união em prol do Motocross no Brasil.

“Quero convidar o público e os pilotos para participarem do Brasileiro. Acho que se houver união não apenas dos patrocinadores e dirigentes, mas também dos pilotos, todo mundo vai ganhar no final, e principalmente o esporte. Independentemente do seu patrocinador, ou da sua equipe, todos devem procurar trabalhar junto pelo mesmo objetivo principal que é o crescimento do esporte”, ressaltou Jorge Balbi Jr.

O Pro Tork Campeonato Brasileiro de Motocross tem patrocínio de Pro Tork e Rinaldi, com supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM.

Texto : Adriano Winckler

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly