Vencedor da abertura do Brasileiro de MX ganhará carro

06 de abril de 2010 - 13:00

Não será apenas pela infraestrutura de nível internacional que o Pro Tork Campeonato Brasileiro de Motocross 2010 entrará para a história do esporte no país. Além da premiação de R$42.000 mil em cada etapa divididos entre as categorias, o vencedor da categoria MX1 na etapa de abertura em Siqueira Campos, Paraná, que acontecerá neste fim de semana, dias 10 e 11 de abril, levará para casa um automóvel zero oferecido pela empresa Pro Tork e pela Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM.

“Como eu disse no início do ano, os pilotos podem se preparar para uma temporada grandiosa no Motocross Brasileiro. O campeonato já tinha alguns importantes diferenciais como a utilização da mesma estrutura da etapa brasileira do Mundial, em Canelinha, e agora a Pro Tork e a CBM mostram mais uma vez que estão totalmente empenhadas em fazer uma abertura de Brasileiro inesquecível”, afirmou o presidente da CBM, Alexandre Caravana.

E essa não será a única novidade para a abertura do Brasileiro de Motocross 2010. A CBM fechou também parceria com o canal ESPN para transmissão das provas do campeonato. “Todas as etapas terão cobertura da ESPN, e, havendo disponibilidade na grade, algumas provas serão transmitidas ao vivo”, ressaltou Caravana.

As corridas do Campeonato Pro Tork Brasileiro de Motocross também terão transmissão de áudio Ao Vivo através da Rádio Pro Moto, pelo site da revista (www.revistapro.com.br), com link no site da CBM (www.cbm.esp.br) e também no site Mundocross (www.mundocross.com.br).

O Pro Tork Campeonato Brasileiro de Motocross tem patrocínio de Pro Tork e Rinaldi, com supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM.

Redação Mundocross
Texto Assessoria Imprensa CBM
Foto Divulgação

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly