Estrangeiros invadem o Pro Tork Brasileiro de Motocross

10 de abril de 2010 - 7:00

O Pro Tork Campeonato Brasileiro de Motocross 2010 nem bem chegou à sua primeira etapa e já estabeleceu um novo recorde na competição. Nunca na história da modalidade houve tantos pilotos estrangeiros inscritos em uma mesma etapa de Campeonato Brasileiro. A prova de abertura, que acontece neste fim de semana, dias 10 e 11 de abril, em Siqueira Campos, Paraná, terá oito pilotos de fora do país disputando as curvas lado a lado com os melhores pilotos do Brasil.

A ‘Legião Estrangeira’ no campeonato tem em sua linha de frente o americano Scott Simon, o paraguaio Adrián Cantero, o costa-riquenho Roberto Castro, atual campeão Latino Americano de Motocross MX2, e o venezuelano Humberto Martin, atual vice-campeão Latino Americano de Motocross MX2. Os outros quatro pilotos são o argentino Jose Felipe e os paraguaios Carlos Vazquez, Eduardo Aguirre e Carlos Urrutia.

A IMPORTÃNCIA DOS ESTRANGEIROS NO BRASIL

“É um motivo de grande orgulho ter tantos pilotos estrangeiros competindo em nosso país. Essa marca serve para mostrar a visibilidade, a importância e o respeito adquiridos pelo Campeonato Brasileiro de Motocross”, declarou Alexandre Caravana, presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM. Praticamente ‘naturalizado’ e falando um bom português, o paraguaio Adrián Cantero espera tirar vantagem do tempo em que ficou hospedado no Centro de Treinamento da Pro Tork, há dois anos, para conquistar um bom resultado na abertura do Brasileiro.

“Estou contente de poder voltar a correr no Brasil. Passei um bom tempo aqui nessa pista e espero aproveitar um pouco desse conhecimento. Conheço o piso, sei que tipo de pneu usar e como ajustar a suspensão. Naquela época, Jorge Balbi pai era o meu treinador e fazíamos cerca de 50 largadas por dia. O traçado mudou um pouco, mas ainda me dá uma pequena vantagem, eu espero”, brincou Cantero.

PILOTO ARGENTINO FALA DO NÍVEL DO MX BRASILEIRO

Para o argentino Jose Felipe, de Córdoba, o nível do Motocross brasileiro está acima do dos ‘hermanos’, mas ele veio ao país para brigar pelas primeiras posições e também para se divertir. “O nível brasileiro é mais alto do que o da Argentina, em relação a pilotos, motos, estrutura, enfim… em todos os aspectos. Os pilotos brasileiros são bem rápidos e pude ver isso no GP Pro Tork, que disputei no ano passado. Para ser honesto, minha moto não está tão boa, mas sem dúvida vou dar o máximo para estar entre os dez primeiros. Vim para adquirir um pouco mais de experiência internacional, mas também para me divertir”, comentou José Felipe.

Adrián Cantero também ressaltou as diferenças entre correr uma prova em seu país e disputar o Brasileiro de Motocross. “É bastante diferente. Desde a quantidade de pilotos, que aqui é muito maior, até à competitividade, que é muito grande no Brasil. Isso é muito legal e serve de motivação. Minha expectativa é boa. Fiz boa pré-temporada, treinei bastante fisicamente, estou com uma moto nova e agora é só fazer alguns ajustes de suspensão. Vamos ver como as coisas saem na prova”, declarou Adrián.

TRANSMISSÃO AO VIVO PELA RÁDIO

Para quem não puder acompanhar de perto o Pro Tork Brasileiro de Motocross, a Confederação Brasileira de Motociclismo irá disponibilizar a narração ao vivo das corridas através do site www.cbm.esp.br e também pelo www.mundocross.com.br Além disso, os melhores momentos de todas as categorias serão transmitidos em um programa especial de TV, pelos canais ESPN, uma semana após a realização da etapa.

SERVIÇO DO EVENTO

O quê : Primeira etapa do Pro Tork Brasileiro de Motocross 2010
Treinos : Sábado – 10 de abril
Corridas : Domingo – 11 de abril
Local : Centro de Treinamento Pro Tork
Cidade : Siqueira Campos
Estado : Paraná
Valor do Ingresso : Gratuito

PROGRAMAÇÃO DA ETAPA DE SIQUEIRA CAMPOS

SÁBADO – DIA 10 DE ABRIL

TREINOS LIVRES

8:30 às 8:45 horas – Categoria 230
8:55 às 9:15 horas – Categoria MX3
9:25 às 9:40 horas – Categoria 65
9:50 às 10:10 horas – Categoria MX2 Grupo A
10:20 às 10:40 horas – Categoria MX2 Grupo B
10:50 às 11:05 horas – Categoria 85
11:15 às 11:35 horas – Categoria MX1

TREINOS CRONOMETRADOS

12:35 às 12:50 horas – Categoria 230
13:00 às 13:20 horas – Categoria MX3
13:30 às 13:45 horas – Categoria 65
13:55 às 14:10 horas – Categoria MX2 Grupo A
14:20 às 14:40 horas – Categoria MX2 Grupo B
14:50 às 15:05 horas – Categoria 85
15:15 às 15:35 horas – Categoria MX1

DOMINGO – DIA 11 DE ABRIL

WARM UP
8:00 às 8:15 horas – Categoria 230
8:20 às 8:35 horas – Categoria MX3
8:40 às 8:55 horas – Categoria 65
9:00 às 9:15 horas – Categoria MX2
9:20 às 9:35 horas – Categoria 85
9:40 às 9:55 horas – Categoria MX1
10:30 horas – Cerimônia de abertura

PROVAS OFICIAIS
11:00 horas – Categoria MX3
12:00 horas – Categoria 65
13:00 horas – Categoria MX2
14:00 horas – Categoria 230
15:00 horas – Categoria 85
16:00 horas – Categoria MX1

O Pro Tork Campeonato Brasileiro de Motocross tem patrocínio de Pro Tork e Rinaldi, com supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM.

Redação Mundocross
Texto by Adriano Winckler

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly