Pilotos comentam treino de ontem no Brasileiro de MX

11 de abril de 2010 - 9:00

Sem o ‘friozinho’ que vinha marcando presença nos últimos dias, o dia de treinos da etapa de abertura do Pro Tork Campeonato Brasileiro de Motocross 2010 começou ’quente’ neste sábado, na pista do Centro de Treinamento da Pro Tork, em Siqueira Campos, Paraná. Diante de um bom público, o mineiro Antonio Jorge Balbi Júnior, da equipe 2B Duracell Racing, andou forte em seu retorno ao Brasileiro de Motocross e garantiu o melhor tempo do treino cronometrado da categoria MX1, cravando sua melhor volta em 1m43s443, seguido pelo americano Scott Simon, da Pro Tork, que marcou 1m44s760. O costa-riquenho Roberto Castro foi o terceiro, com 1m45s532.

“Foi um dia muito positivo, gostei muito do meu desempenho. Já sabia que o nível dos ‘gringos’ era bom. O Scott é muito rápido e acho que essa é prova em que ele vai estar mais preparado, pois está correndo ‘em casa’. Ele conhece a pista melhor do que ninguém, já que tem treinado bastante aqui. O Roberto Castro costuma ser bem constante e é um bom piloto. Vai ser bacana, pois será um campeonato bem disputado. Espero fazer tudo direitinho e quem sabe poder brigar pelo título”, diz modesto Jorge Balbi Jr. (foto), o piloto brasileiro mais conhecido internacionalmente na atualidade, após anos correndo o Mundial e o AMA Motocross.

Esbanjando simpatia, Roberto Castro aproveitou os treinos deste sábado, 10 de abril, para conhecer a pista e se preparar para a prova deste domingo. “Foi um treino muito bom. Tive tempo para fazer as minhas coisas, testar a moto e deixá-la muito boa. No primeiro treino estava conhecendo a pista, pois nunca havia treinado aqui. A pista é muito gostosa. Nos treinos cronometrados tive muita dificuldade, pois nunca conseguia espaço para fazer bons tempos. Havia muita gente na pista. Eu acho que fiquei com um tempo não muito bom na minha opinião, mas nesse caso a cronometragem não é tão importante, pois apenas define uma melhor posição de largada. Se você fica entre os oito já está bom para largar. Para amanhã espero uma boa prova. Quero usar a inteligência, pois o campeonato é longo e preciso pontuar em todas as corridas e não apenas em uma”, declarou Castro.

Na MX2, as duas primeiras posições do treino da MX1 se inverteram, com o americano Scott Simon cravando o melhor tempo em 1m44s331, enquanto Balbi ficou logo atrás, com 1m44s651. “Acabei demorando muito para entrar na pista. No final fiquei meio nervoso, mas pelo menos consegui fazer o melhor tempo do meu grupo, que foi o priemrio. O problema é que quem vem depois sempre tem uma vantagem que é ter um tempo, um alvo a ser batido. O Scott (Simon) foi tentando até conseguir. Mas os dois grupos ganharam o ponto extra que era o meu objetivo. Na MX1 eu usei uma tática diferente, pois eu também queria o ponto extra. A gente nunca sabe, pois às vezes um campeonato é ganho por um ponto de diferença, né? Agora é concentrar para amanhã”, disse Balbi.

Dono do quarto melhor tempo do dia na MX2, Thales Vilardi está confiante para a disputa do Campeonato Brasileiro de 2010. “Estou contente com o resultado. Fiz o segundo melhor tempo do meu grupo na MX2 e estou bem confiante e motivado para amanhã e para o restante da temporada. Estou com equipe nova, que está me dando uma bela estrutura. Gostei muito da moto. Treinei bastante na pré-temporada e espero fazer um grande campeonato este ano”, declarou Vilardi.

Na MX3, Nico Rocha foi o mais rápido, com 1m47s828, seguido por Davis Guimarães, com 1m48s502, e por Milton “Chumbinho” Becker em terceiro, com 1m51s086. “A pista aqui de Siqueira Campos é uma pista diferenciada, que exige muita técnica do piloto. Foi bem competitivo o treino cronometrado da MX3 e eu consegui a melhor volta somente na última passagem, o que me garantiu o primeiro lugar no treino devido a alguns acertos na moto. O resultado não poderia ser melhor. Psicologicamente, o primeiro lugar no treino classificatório já garante uma boa corrida para amanhã. Eu defendo o título no Paraguai e vou disputar o Brasileiro inteiro, defendendo minha equipe e brigando pelo título nacional”, ressaltou Nico.

Deni Marques Filho marcou o melhor tempo da 230cc, seguido por Ismael Costa e Richard Nunes. Na categoria 85cc, o gaúcho Gustavo Roratto, de Santa Rosa, marcou o melhor tempo do dia, enquanto outro gaúcho, Enzo Lopes, de Lajeado, foi o mais rápido no treino cronometrado da categoria 65cc.

PRIMEIROS COLOCADOS NOS TREINOS CRONOMETADOS DE SÁBADO :

CATEGORIA MX1
1º – Antonio Jorge Balbi Jr. – 1m43s443
2º – Scott Simon – 1m44s760
3º – Roberto Miranda – 1m45s532
4º – Marcelo Lima – 1m46s406
5º – Deni Marques Filho – 1m46s681

CATEGORIA MX2
1º – Scott Simon – 1m44s331
2º – Antonio Jorge Balbi Jr. – 1m44s651
3º – Eduardo Lima – 1m45s808
4º – Thales Vilardi – 1m45s456
5º – Deni Marques Filho – 1m47s006

CATEGORIA MX3
1º – Nico Rocha – 1m47s828
2º – Davis Guimarães – 1m48s502
3º – Milton Becker – 1m51s086
4º – Mariana Balbi – 1m54s462
5º – Willian Guimarães – 1m55s109

CATEGORIA 230
1º – Deni Marques Filho – 2m00s456
2º – Ismael da Costa Rojas – 2m01s193
3º – Richard Nunes – 2m01s814
4º – Carlos Eduardo Franco – 2m01s860
5º – Nivaldo Viana – 2m03s194

CATEGORIA 85
1º – Gustavo Roratto – 1m54s453
2º – Anderson Amaral – 1m55s269
3º – Cezar Zamboni – 1m55s809
4º – Gustavo Henn – 1m55s893
5º – Rodrigo Riffel – 1m56s099

CATEGORIA 65
1º – Enzo Lopes – 2m02s904
2º – Kioman Navarro – 2m04s725
3º – Djalma Brito – 2m06s538
4º – Mateus Mendonça – 2m09s508
5º – Jose Brayan Soares – 2m10s354

Redação Mundocross
Texto by Adriano Winckler
Foto by Jorge Soares

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly