Dungey vence e está com uma mão no título do AMA SX

18 de abril de 2010 - 16:00

O AMA Supercross 2010 seguiu em sua reta decisiva da categoria principal, a Supercross, neste sábado em St. Louis, no Missouri. E o líder do campeonato, Ryan Dungey, conquistou uma importante vitória na busca pelo título, abrindo 24 pontos para seu rival, Ryan Villopoto, que sofreu um tombo, finalizando a corrida na última posição.

Faltando três etapas para o fim do campeonato, Dungey saiu de St.Louis com 36 pontos de vantagem sobre Villopoto e está com 90% do título em suas mãos. Só perde se um desastre acontecer. Já Villopoto vai precisar muito mais que um milagre para receber o number plate número 1 em Las Vegas. Acompanhe abaixo como foi a prova deste sábado…

CATEGORIA SUPERCROSS

Na largada os dois candidatos ao título, Ryan Dungey da equipe oficial Rockstar / Makita / Suzuki e Ryan Villopoto da equipe oficial Monster Energy / Kawasaki saíram na frente e dividiram a primeira curva, com Dungey levando a melhor e agarrando a liderança. Com cinco voltas completadas Dungey liderava com apenas 1 segundo de vantagem sobre Villopoto. Nick Wey era o terceiro colocado, com os pilotos da equipe oficial Red Bull / Honda Racing Davi Millsaps em quarto e Andrew Short em quinto.

Na metade da corrida, Villopoto tentou um block pass sobre Dungey e os dois foram ao chão. Mesmo perdendo alguns segundos, os dois levantam rapidamente, com Villopoto voltando na liderança e Dungey em segundo. Kevin Windham da equipe Geico Powersports / Honda é o terceiro, com Andrew Short em quarto, Ivan Tedesco em quinto, Davi Millsaps em sexto, Nick Wey em sétimo, Justin Brayton da equipe JGRMX / Toyota / Yamaha em oitavo, Chad Reed da equipe oficial Monster Energy / Kawasaki em nono e Michael Byrne, companheiro de equipe de Brayton na décima posição.

Na briga pela vitória e pelo título, Villopoto e Dungey continuavam andando muito próximos na ponta da frente, sendo ambos o principal centro das atenções na corrida. Mas na 11ª das 20 voltas, Villopoto sofreu um tombo. Agora com 13 voltas completadas, Dungey lidera, com Windham em segundo, Short em terceiro, Tedesco em quarto, Wey em quinto, Brayton em sexto e Reed em sétimo.

Após o tombo, Ryan Villopoto abandonou a corrida, finalizando na última posição, e a temporada pode estar praticamente decidida. Se as coisas permanecerem como estão, Ryan Dungey pode conquistar o título dentro de poucas semanas e de forma antecipada, pois só na prova deste sábado, ganhou 24 pontos em relação a Villopoto, saindo de St.Louis com 36 pontos de margem na liderança do campeonato.

Após abandonar a corrida, Villopoto permaneceu do lado de fora da pista, sendo atendido pela equipe médica da prova, que examinou especialmente a sua perna direita. Ao final de 20 voltas, Dungey venceu, com Windham em segundo e Andrew Short completando o pódio (foto) na terceira posição. Nick Wey foi o quarto e Chad Reed completou os cinco primeiros. Justin Brayton foi o sexto e Michael Byrne o sétimo colocado. No campeonato, Dungey abriu 36 pontos sobre Villopoto e está com quase duas mãos na taça. Josh Hill da equipe San Manuel/Yamaha é o terceiro, Kevin Windham o quarto e Davi Millsaps fecha os cinco primeiros.

RESULTADO DA HEAT 1 DA CATEGORIA SUPERCROSS

1. Chad Reed
2. Ryan Dungey
3. Andrew Short
4. Michael Byrne
5. Kyle Chisholm
6. Matt Boni
7. Jeff Gibson
8. Manuel Rivas
9. Jason Thomas

RESULTADO DA HEAT 2 DA CATEGORIA SUPERCROSS

1. Justin Brayton
2. Ryan Villopoto
3. Kevin Windham
4. Nick Wey
5. Tommy Hahn
6. Ivan Tedesco
7. Justin Keeney
8. Jason Lawrence
9. Josh Hill

RESULTADO DA LAST CHANCE DA CATEGORIA SUPERCROSS

1. Davi Millsaps
2. Chris Blose

RESULTADO DA DÉCIMA QUARTA ETAPA DA CATEGORIA SUPERCROSS

1. Ryan Dungey (Suzuki)
2. Kevin Windham (Honda)
3. Andrew Short (Honda)
4. Nick Wey (Kawasaki)
5. Chad Reed (Kawasaki)
6. Justin Brayton (Yamaha)
7. Michael Byrne (Yamaha)
8. Kyle Chisholm (Yamaha)
9. Davi Millsaps (Honda)
10. Tommy Hahn (Suzuki)
11. Jason Lawrence (Yamaha)
12. Justin Keeney (Kawasaki)
13. Josh Hill (Yamaha)
14. Chris Blose (Honda)
15. Matt Boni (Honda)
16. Jason Thomas (Suzuki)
17. Ivan Tedesco (Yamaha)
18. Manuel Rivas (Kawasaki)
19. Jeff Gibson (Yamaha)
20. Ryan Villopoto (Kawasaki)

CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA SUPERCROSS APÓS QUATORZE ETAPAS

1. Ryan Dungey – 302 pontos (5 vitórias)
2. Ryan Villopoto – 266 (7 vitórias)
3. Josh Hill – 225
4. Kevin Windham – 223
5. Davi Millsaps – 215 (1 vitória)
6. Justin Brayton – 191
7. Ivan Tedesco – 183
8. Nick Wey – 159
9. Tommy Hahn – 139
10. Kyle Chisholm – 136
11. Michael Byrne – 131
12. Trey Canard – 103
13. Andrew Short – 102
14. Chris Blose – 95
15. Jason Thomas – 69 pontos

A próxima etapa, a décima quinta do AMA Supercross, décima quinta do Mundial FIM de Supercross e sétima do AMA Supercross Lites Costa Oeste será no próximo sábado, dia 24 de Abril, em Seattle, em Washington.

ETAPAS RESTANTES DO AMA SUPERCROSS 2010

15ª etapa – 24 de Abril – Seattle – Washington
16ª etapa – 1º de Maio – Salt Lake City – Utah
17ª etapa – 8 de Maio – Las Vegas – Nevada

ETAPAS RESTANTES DO AMA SUPERCROSS LITES OESTE 2010

7ª etapa – 24 de Abril – Seattle – Washington
8ª etapa – 1º de Maio – Salt Lake City – Utah

SHOOTOUT OESTE X LESTE SUPERCROSS LITES 2010

Etapa única – 8 de Maio – Las Vegas – Nevada

Redação Mundocross
Texto by Renato Dalzochio Jr.
Foto by GuyB

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly