4 mil pessoas prestigiaram abertura do Rondoniense de VX

20 de abril de 2010 - 0:00

O domingo começou ensolarado em Rolim de Moura. O warm-up transcorreu normalmente, e às 13 horas a categoria Sênior deu a largada para a temporada 2010 do Campeonato Rondoniense de Velocross, em corridas disputadas diante um público estimado em mais de 4 mil pessoas.

O evento que contou com total apoio do Prefeito Tião Serraia e organização de Adriano Bombeiro, serviu para demonstrar o nível das competições que se esperam para o ano de 2010, com recorde de público e de pilotos. Os pilotos da categoria Força Livre excederam a quantidade de vagas no gate, máximo de 28, e tiveram que participar de classificatória durante o warm-up.

Pegas eletrizantes na Categoria 100cc, logo na primeira bateria, levantaram o público que gritava a cada volta. A força e a velocidade das motos 230cc, também levaram o público ao delírio, principalmente pelo fato do campeão desta categoria, Cândido Chagas (#93), ser da cidade e vencer as duas baterias da tarde.

Diversas autoridades compareceram para prestigiar o grande evento que foi supervisionado pela Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, dentre elas o senador Valdir Raupp, o deputado federal Moreira Mendes, deputado estadual Kaká Mendonça, o prefeito Tião Serraia, o Presidente da Câmara de Vereadores de Rolim de Moura, vereador Rodnei, secretário municipal de obras, Beto Moura, o Presidente da FMR, Reinaldo Selhorst, dentre outros.

PILOTO DE COLORADO VENCEU A SÊNIOR

O piloto Osmar Canale (#68) veio de longe para competir na Categoria Sênior em Rolim de Moura. Vindo de Colorado do Oeste, há aproximadamente 315 Km, ele foi o primeiro a receber a bandeira quadriculada da temporada 2010, na Pista do Balneário Municipal neste domingo, 18 de abril.

Ele cruzou a linha de chegada seguido de Cláudio Barbizan (#12), Tiago Cesar (#111), Sérgio Luiz (#33) e Jeferson Lins (#7), que completaram o primeiro pódio de 2010.

PEGAS NA 100 LEVANTARAM O PÚBLICO

Os pilotos Flávio Pereira (#18 – de Santa Luzia), Jhonatan Pessoa (#11 – também de Santa Luzia) e Ozias Vieira (#5 – de Rolim de Moura), protagonizaram na primeira bateria da Categoria 100cc o pega mais eletrizante da 1ª Etapa do Estadual de Velocross. Até a última volta os três andavam juntos, deixando praticamente indefinida a bandeirada final, conforme narrou o Locutor Oficial da FMR, Itamar Dalosto.

Foi sob a sua locução que o público levantava a cada volta. Depois de duas bateria Flávio Pereira subiu ao pódio no lugar mais alto, tendo Cléber Júnior (#6), em segundo, Jhonatan Pessoa em terceiro, Ozias Vieira em quarto e Josemar Dias (#44), completando o palco da vitória.

REVELAÇÃO 2009 EM PRIMEIRO NA FORÇA LIVRE

O Campeão da Categoria 150cc do ano passado, Mateus Chagas (#40), largou a primeira bateria da Força Livre em grande estilo, abriu vantagem na frente, e deu pinta de que seria um nome a ser batido na 1ª Etapa do Estadual de Velocross.

Manteve sua grande vantagem e cruzou a linha de chegada em primeiro. Entretanto, não teve a mesma sorte na segunda bateria, largando muito mal e perdendo várias posições na primeira curva. Fator que não o impediu de cruzar a linha de chegada em terceiro lugar.

Felippe Carvalho (#112), piloto de Rolim de Moura que se revelou na segunda metade da temporada 2009, havia chegado em segundo lugar na primeira bateria e venceu a segunda, de forma que ficou com o primeiro lugar na somatória final.

O pódio foi formado da seguinte maneira: Felippe Carvalho, Mateus Chagas, Victor Carlos (#4 – Vitim), Jacson Bernardino (#87) e Patrick Brito (#7).

ZÉ PEREIRA CAI MAS FATURA A 150

O piloto de Santa Luzia, Zé Pereira (#38), venceu a primeira bateria da categoria 150cc com grande facilidade. Largou bem, abriu vantagem e manteve a liderança da prova de ponta a ponta. Contudo, apesar do bom preparo e da grande experiência, Zé Pereira caiu na segunda bateria e empreendeu uma corrida de recuperação, e cruzou a linha de chegada da segunda bateria em segundo lugar, garantindo assim o ponto mais alto do pódio final.

A classificação dos cinco primeiros ficou da seguinte maneira: Zé Pereira, Juliano Correia (#3), Emerson Rodrigues (#51), Marcelo Pablo (#30) e Vanderlei Batista (#6).

CÂNDIDO CONFIRMOU FAVORITISMO NA 230

O piloto de Santa Luzia, Cândido Chagas (#93), atual campeão da categoria 230cc, não apenas no Velocross, como também no Motocross, confirmou seu favoritismo para 2010 ao vencer as duas baterias da categoria mais esperada pelo público.

Tendo sido criada em 2009, a Categoria 230cc recebe, principalmente os pilotos de Motocross que querem correr também no Velocross, modalidade totalmente diferenciada, já que no Motocross as motos saltam, e no Velocross não.

Cândido Chagas exibiu muita técnica e melhor preparo com relação ao ano passado, demonstrando que aproveitou bem o curdo de pilotagem oferecido pela FMR em dezembro passado, e ministrado pelo Campeão Brasileiro Nilton Becker, o Chumbinho.

O pódio da 230cc foi formado da seguinte maneira: Cândido Chagas em primeiro, Patrick Brito (#7) em segundo, João Chagas (#39 – irmão de Cândido), em terceiro, Joelson Gonçalves (#45) em quarto e Jackson Bernardino (#87), em quinto.

FESTA BONITA E EVENTO DE SUCESSO

O Presidente da FMR, Reinaldo Selhorst, disse que a festa foi bonita e o evento de sucesso. Para tanto ele fez questão de reiterar o apoio do prefeito Tião Serraia e o árduo trabalho de Adriano Bombeiro, que não mediu esforços para que a Etapa de Abertura do Campeonato Estadual de Velocross em Rolim de Moura ficasse registrada com brilho na história do motociclismo rondoniense.

A FMR também contou com total apoio do senador Valdir Raupp, deputada federal Marinha Raupp, deputado federal Natan Donadon e Governo do Estado de Rondônia.

Redação Mundocross
Texto by Arnaldo Martins
Foto Divulgação

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly