AMA Supercross 2011 – 1ª etapa – Anaheim 1

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Steve Giberson | 10 de janeiro de 2011 - 23:37

Após longos meses de muita ansiedade e expectativa, especialmente por conta das novidades, neste sábado, 8 de janeiro, o AMA Supercross 2011 finalmente começou. As ausências sentidas foram os franceses Marvin Musquin, da equipe oficial KTM, que está fora por tempo indeterminado, já que se recupera de uma lesão no joelho, e Christophe Pourcel, que deve disputar apenas o AMA Motocross com um esquema privado.

Entre as principais novidades, a estreia definitiva do piloto Trey Canard na equipe oficial Honda na principal categoria do campeonato, a Supercross. A estreia de Andrew Short na equipe oficial KTM, agora chefiada pelo experiente Roger DeCoster. O retorno de Ryan Villopoto, da equipe oficial Monster Energy/Kawasaki, de volta as competições oficiais.

Villopoto, que estava fora das competições desde a etapa do AMA Supercross de St. Louis do ano passado, quando quebrou a perna. O retorno de James Stewart, da equipe San Manuel / Yamaha, que havia se lesionado na etapa de Phoenix do AMA Supercross no ano passado, e o retorno do australiano Chad Reed, também lesionado em Phoenix no ano passado, ao envolver-se em um acidente com Stewart, que estreava em Anaheim sua própria equipe, a Two Twto Motorsports.

Ivan Tedesco largou na frente na frente na final da categoria principal

Ivan Tedesco largou na frente na frente na final da categoria principal

Junto com Reed, Stewart e Villopoto, o piloto Ryan Dungey, da equipe oficial Rockstar/Makita/Suzuki, atual campeão na categoria principal, formava o quarteto dos principais favoritos ao título da categoria Supercross. Quem participou da categoria Supercross Lites Oeste foi o alemão Ken Roczen, que disputará o Mundial de Motocross MX2 em 2011. Neste ano Roczen vai competir pela equipe oficial KTM e está usando o AMA Supercross como parte de sua preparação pré-temporada.

Ken Roczen largou ao lado de Josh Hansen na final da SX Lites Oeste

Ken Roczen largou ao lado de Josh Hansen na final da SX Lites Oeste

Este ano a cidade de Anaheim perdeu uma de suas etapas, já que Los Angeles voltou a fazer parte do calendário do AMA Supercross. Nesta primeira etapa o domínio foi total da Kawasaki. Na categoria Supercross Lites Oeste, a equipe semi-oficial Monster / Pro Circuit / Kawasaki ocupou as três posições do pódio. Já na principal a marca das motos verdes venceu com Villopoto, piloto da equipe oficial Monster / Kawasaki. Confira agora como foi esta etapa de abertura do AMA SX 2011…

Categoria Supercross Lites Oeste

Após as baterias classificatórias, vencidas respectivamente por Broc Tickle e Josh Hansen, companheiros na equipe Monster / Pro Circuit / Kawasaki, finalmente foi dada a largada para as quinze voltas do primeiro evento principal do ano. Tickle ficou com o holeshot e permaneceu na liderança até a primeira metade da corrida, quando foi superado por seu companheiro de equipe, Josh Hansen que fez uma ultrapassagem num block pass bem comportado.

Martin Davalos finalizou em quarto em Anaheim1

Martin Davalos finalizou em quarto em Anaheim1

Tyla Rattray largou em terceiro e finalizou em terceiro em A1

Tyla Rattray largou em terceiro e finalizou em terceiro em A1

Quem estava bem na corrida na primeira volta, era Christian Craig, que acabou sendo derrubado por Josh Hansen e abandonou a corrida. Depois disso nada mais aconteceu. Como dito no início da matéria, graças a Kawasaki, a noite foi toda verde em Anaheim. Tickle se manteve no segundo posto. Seu companheiro de equipe, o sul-africano Tyla Rattray largou na terceira posição e se manteve nela até o fim.

Broc Tickle largou na ponta mas acabou em segundo

Broc Tickle largou na ponta mas acabou em segundo

Josh Hansen começou o campeonato vencendo na SX Lites Oeste

Josh Hansen começou o campeonato vencendo na SX Lites Oeste

O equatoriano Martín Davalos, da equipe privada Rockstar Energy / Suzuki, que havia feito o segundo melhor tempo nos treinos cronometrados, finalizou em quarto, e Cole Seely, da equipe Troy Lee Designs / Honda, fechou os cinco primeiros. Como esta foi à etapa de abertura do campeonato da categoria Supercross Lites costa Oeste, as mesmas posições se repetem na classificação geral do campeonato. O alemão Ken Roczen, em sua primeira corrida na América, fez uma largada ruim, ganhou posições, chegou a estar em sexto, e finalizou na sétima posição.

O pódio da SX Lites em Anaheim foi dominado pela equipe Pro Circuit

O pódio da SX Lites em Anaheim foi dominado pela equipe Pro Circuit

Jorge Balbi Jr.
O piloto brasileiro fez a sua melhor estreia no AMA Supercross Lites Oeste. Competindo de Kawasaki na categoria Lites com o numeral 903, com o patrocínio da 2B Racing / Duracell, com apoio da Italian Team, ele se classificou direto para o evento principal ao finalizar em sexto lugar na sua ‘Heat’. No ‘Main Event’, Balbi chegou a estar em oitavo lugar, e depois andou várias voltas em décimo lugar, e  finalizou em 11º lugar, mais uma vez fazendo história para o Motocross brasileiro nas Terras do Tio Sam.

Resultado da Heat 1 da categoria Supercross Lites Oeste
1. Broc Tickle
2. Ryan Morais
3. Eli Tomac
4. Tyla Rattray
5. Topher Ingalls
6. Antonio Balbi
7. Ben Evans
8. Bruce Rutherford
9. Dakota Tedder

Resultado da Heat 2 da categoria Supercross Lites Oeste
1. Josh Hansen
2. Nick Paluzzi
3. Travis Baker
4. Ken Roczen
5. Kyle Cunningham
6. Cole Seely
7. Cody Gilmore
8. Ryan Marmont
9. Travis Bright

Resultado da Last Chance da categoria Supercross Lites
1. Martin Davalos (Suzuki)
2. Christian Craig (Honda)

Resultado da primeira etapa da categoria Supercross Lites Oeste
1. Josh Hansen (Kawasaki)
2. Broc Tickle (Kawasaki)
3. Tyla Rattray (Kawasaki)
4. Martin Davalos (Suzuki)
5. Cole Seely (Honda)
6. Ryan Morais (Suzuki)
7. Ken Roczen (KTM)
8. Travis Baker (Honda)
9. Nick Paluzzi (Yamaha)
10. Eli Tomac (Honda)
11. Antonio Balbi (Kawasaki)
12. Ben Evans (Kawasaki)
13. Kyle Cunningham (Yamaha)
14. Ryan Marmont (KTM)
15. Cody Gilmore (Kawasaki)
16. Bruce Rutherford (Kawasaki)
17. Travis Bright (Honda)
18. Dakota Tedder (Kawasaki)
19. Christian Craig (Honda)
20. Topher Ingalls (Honda)

Classificação da categoria Supercross Lites Oeste após uma etapa
1. Josh Hansen – 25 pontos
2. Broc Tickle – 22
3. Tyla Rattray – 20
4. Martin Davalos – 18
5. Cole Seely – 16
6. Ryan Morais – 15
7. Ken Roczen – 14
8. Travis Baker – 13
9. Nick Paluzzi – 12
10. Eli Tomac – 11
11. Antonio Balbi – 10
12. Ben Evans – 9
13. Kyle Cunningham – 8
14. Ryan Marmont – 7
15. Cody Gilmore – 6 pontos

Categoria Supercross

Após as classificatórias, vencidas por Justin Brayton da equipe Muscle Milk / Toyota / Yamaha, e James Stewart da equipe San Manuel / Red Bull / Yamaha, o gate caiu para as 20 voltas do evento principal da mais importante categoria do AMA Supercross. Na largada, Ivan Tedesco da equipe Dodge / Hart & Hunnington / Kawasaki fez o holeshot e saiu na frente, sendo seguido de perto por Ryan Villopoto da equipe oficial Monster Energy / Kawasaki.

Na reta de largada quem pulou na frente foi Ryan Dungey

Na reta de largada quem pulou na frente foi Ryan Dungey

Windham chegou a andar em terceiro na final em Anaheim 1

Windham chegou a andar em terceiro na final em Anaheim 1

Villopoto só conseguiria assumir a liderança na terceira volta, após um erro de Tedesco. Depois disso não seria incomodado por mais ninguém até a bandeira quadriculada.  Favoritos ao título, James Stewart e o australiano Chad Reed fizeram péssimas largada, respectivamente décimo segundo e décimo terceiro. Como de costume, Stewart era rápido e agressivo nas ultrapassagens, enquanto Reed era mais cauteloso, porém mais lento na busca por posições.

Chad Reed e Mike Alessi disputando uma curva em Anaheim

Chad Reed e Mike Alessi disputando uma curva em Anaheim

Trey Canard vendeu caro o terceiro lugar para James Stewart

Trey Canard vendeu caro o terceiro lugar para James Stewart

O atual campeão Ryan Dungey conseguiu assumir a vice-liderança na sexta volta, permanecendo nela até o fim. Trey Canard também teve que se recuperar de uma má largada e chegou a ocupar a terceira posição na oitava volta, mas não foi páreo para os ataques de Stewart, que completou o pódio em terceiro. Canard se contentou com o quarto lugar e Reed recuperou-se até a quinta posição.

Ryan Dungey conquistou um ótimo segundo lugar em Anaheim 1

Ryan Dungey conquistou um ótimo segundo lugar em Anaheim 1

Ryan Villopoto voltou ao AMA Supercross da melhor forma: vencendo

Ryan Villopoto voltou ao AMA Supercross da melhor forma: vencendo

Como na Lites, pelo fato de ser a primeira etapa, as mesmas posições se repetem na classificação do campeonato. A próxima parada será no próximo sábado, dia 15 de janeiro, em outra etapa tradicional do calendário, o campeonato segue para o Chase Field, em Phoenix, no Arizona.

Pódio da categoria Supercross em A1 com Stewart, Villopoto e Dungey

Pódio da categoria Supercross em A1 com Stewart, Villopoto e Dungey

Resultado da Heat 1 da categoria Supercross
1. Justin Brayton
2. Kevin Windham
3. Ryan Dungey
4. Davi Millsaps
5. Tommy Hahn
6. Chris Blose
7. Kyle Chisholm
8. Kyle Regal
9. Jason Thomas

Resultado da Heat 2 da categoria Supercross
1. James Stewart
2. Ryan Villopoto
3. Brett Metcalfe
4. Chad Reed
5. Josh Grant
6. Ivan Tedesco
7. Andrew Short
8. Matt Boni
9. Mike Alessi

Resultado da Last Chance da categoria Supercross
1. Trey Canard (Honda)
2. Nick Wey (Yamaha)

Resultado da primeira etapa da categoria Supercross
1. Ryan Villopoto (Kawasaki)
2. Ryan Dungey (Suzuki)
3. James Stewart (Yamaha)
4. Trey Canard (Honda)
5. Chad Reed (Honda)
6. Kevin Windham (Honda)
7. Ivan Tedesco (Kawasaki)
8. Brett Metcalfe (Suzuki)
9. Josh Grant (Honda)
10. Andrew Short (KTM)
11. Kyle Chisholm (Yamaha)
12. Nick Wey (Yamaha)
13. Kyle Regal (Yamaha)
14. Mike Alessi (KTM)
15. Jason Thomas (Suzuki)
16. Justin Brayton (Yamaha)
17. Chris Blose (Kawasaki)
18. Matt Boni (Kawasaki)
19. Davi Millsaps (Yamaha)
20. Tommy Hahn (Yamaha)

Classificação da categoria Supercross após uma etapa
1. Ryan Villopoto – 25 pontos
2. Ryan Dungey – 22
3. James Stewart – 20
4. Trey Canard – 18
5. Chad Reed – 16
6. Kevin Windham – 15
7. Ivan Tedesco – 14
8. Brett Metcalfe – 13
9. Josh Grant – 12
10. Andrew Short – 11
11. Kyle Chisholm – 10
12. Nick Wey – 9
13. Kyle Regal – 8
14. Mike Alessi – 7
15. Jason Thomas – 6 pontos

Calendário do AMA Supercross 2011
2ª Etapa – 15 de janeiro – Phoenix / Arizona (Chase Field)
3ª Etapa – 22 de janeiro – Los Angeles / Califórnia (Dodger Stadium)
4ª Etapa – 29 de janeiro – Oakland / Califórnia (Oak-Alameda City Stadium)
5ª Etapa – 5 de fevereiro – Anaheim / Califórnia (Angel Stadium)
6ª Etapa – 12 de fevereiro – Houston / Texas (Reliant Stadium)
7ª Etapa – 19 de fevereiro – San Diego / Califórnia (Qualcomm Stadium)
8ª Etapa – 26 de fevereiro – Atlanta / Georgia (Georgia Dome)
9ª Etapa – 5 de março – Daytona / Flórida (International Speedway)
10ª Etapa – 12 de março – Indianapolis / Indiana (Lucas Oil Stadium)
11ª Etapa – 19 de março – Jacksonville / Flórida (Jacksonville Municipal Stadium)
12ª Etapa – 26 de março – Toronto / Canadá (Rogers Centre)
13ª Etapa – 2 de abril – Arlington / Texas (Cowboys Stadium)
14ª Etapa – 9 de abril – St. Louis / Missouri (Edward Jones Dome)
15ª Etapa – 16 de abril – Seattle / Washington (Qwest Field)
16ª Etapa – 30 de abril – Salt Lake City / Utah (Rice-Eccles Stadium)
17ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Calendário do AMA Supercross Lites Oeste 2011
2ª Etapa – 15 de janeiro – Phoenix / Arizona (Chase Field)
3ª Etapa – 22 de janeiro – Los Angeles / Califórnia (Dodger Stadium)
4ª Etapa – 29 de janeiro – Oakland / Califórnia (Oak-Alameda City Stadium)
5ª Etapa – 5 de fevereiro – Anaheim / Califórnia (Angel Stadium)
6ª Etapa – 19 de fevereiro – San Diego / Califórnia (Qualcomm Stadium)
7ª Etapa – 16 de abril – Seattle / Washington (Qwest Field)
8ª Etapa – 30 de abril – Salt Lake City / Utah (Rice-Eccles Stadium)
9ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Calendário do AMA Supercross Lites Leste 2011
1ª Etapa – 12 de fevereiro – Houston / Texas (Reliant Stadium)
2ª Etapa – 26 de fevereiro – Atlanta / Georgia (Georgia Dome)
3ª Etapa – 5 de março – Daytona / Flórida (International Speedway)
4ª Etapa – 12 de março – Indianapolis / Indiana (Lucas Oil Stadium)
5ª Etapa – 19 de março – Jacksonville / Flórida (Jacksonville Municipal Stadium)
6ª Etapa – 26 de março – Toronto / Canadá (Rogers Centre)
7ª Etapa – 2 de abril – Arlington / Texas (Cowboys Stadium)
8ª Etapa – 9 de abril – St. Louis / Missouri (Edward Jones Dome)
9ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Shootout Oeste x Leste Supercross Lites 2011
Etapa única – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly