AMA Supercross 2011 – 4ª etapa – Oakland

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Steve Giberson | 30 de janeiro de 2011 - 19:18

O AMA Supercross 2011 prosseguiu neste sábado, 29 de janeiro, com a quarta etapa da temporada e pela segunda semana consecutiva, uma nova cidade fez sua estreia no calendário. Oakland, no norte da Califórnia, próximo a San Francisco, recebeu o circo do Supercross no Oakland Alameda County Stadium.

Na categoria principal, a Supercross, James Stewart voltou a vencer e assumiu novamente a liderança do campeonato, apenas dois pontos na frente de Ryan Villopoto, que foi o quarto. Após a péssima corrida em Los Angeles, Chad Reed se reabilitou no campeonato, conquistando seu primeiro pódio na temporada, ao finalizar em segundo.

O público não se abalou com chuva e curtiu as disputas em Oakland

O público não se abalou com chuva e curtiu as disputas em Oakland

Na categoria Supercross Lites Costa Oeste, Broc Tickle conquistou sua primeira vitória e agora está apenas um ponto atrás do líder do campeonato, Josh Hansen, seu companheiro de equipe. Confira como foi…

Categoria Supercross Lites Oeste

Mesmo com céu limpo, uma chuva fininha começou a cair no final da tarde, quando as sessões de treinos foram encerradas, o que deixou a pista um pouco escorregadia. Na largada foi o jovem Eli Tomac, da equipe Geico Powersports / Honda, quem fez o holeshot e disparou na frente, seguido pelo alemão Kenny Roczen, da equipe oficial KTM, em segundo.

O líder do campeonato Josh Hansen, piloto da equipe Monster / Pro Circuit / Kawasaki em terceiro, e seus companheiros de equipe Broc Tickle e o sul-africano Tyla Rattray, que está com uma luxação no pulso, respectivamente na quarta e na quinta posição. No início da quarta volta, Tomac escorregou na primeira curva e perdeu a liderança para Roczen.

Largada do Main Event da categoria SX Lites Oeste em Oakland

Largada do Main Event da categoria SX Lites Oeste em Oakland

Tomac subiu no pódio na etapa disputada neste sábado

Tomac subiu no pódio na etapa disputada neste sábado

Neste momento a chuva diminuiu um pouco. Roczen liderava, mas estava sendo perseguido de perto por Hansen. No final da quinta volta, Hansen conseguiu a ultrapassagem sobre Roczen para assumir a liderança, mas recebeu o troco do alemão na curva seguinte. Os dois estavam dando um show para o público presente.

Na sexta volta Hansen conseguiu a ultrapassagem definitiva, Tickle também deixava Roczen para trás. Tomac vinha na sequencia. Os quatro primeiros estavam andando com menos de um segundo de intervalo entre um e outro. A pista estava escorregadia, mas eles estavam voando baixo.

Kenny Roczen tentou mas não conseguiu segurar Josh Hansen

Kenny Roczen tentou mas não conseguiu segurar Josh Hansen

Tickle e Hansen travaram uma grande disputa em Oakland

Tickle e Hansen travaram uma grande disputa em Oakland

E naquele momento foi Tickle quem passou a pressionar Hansen, conseguindo a ultrapassagem na nona volta. No início da décima volta, Roczen deslizou na mesma curva onde Tomac havia escorregado anteriormente, cedendo a terceira posição para o próprio Tomac. A partir da décima primeira volta, os quatros começaram a se espalhar um pouco mais pela pista, abrindo diferença entre um e outro.

Por causa disso mais nada aconteceu. Tickle conquista sua primeira vitória na temporada, deixando a equipe Monster / Pro Circuit / Kawasaki comemorar uma dobradinha em Oakland, já que Hansen garantiu a segunda posição. Tomac completou o pódio em terceiro, Roczen foi o quarto, e Rattray completou os cinco primeiros.

Em Oakland Tickle conquistou sua primeira vitória em 2011

Em Oakland Tickle conquistou sua primeira vitória em 2011

Pódio da SX Lites Oeste com Eli Tomac, Broc Tickle e Josh Hansen

Pódio da SX Lites Oeste com Eli Tomac, Broc Tickle e Josh Hansen

No campeonato, Hansen ainda lidera, mas agora possui apenas um ponto de vantagem sobre Tickle. Ryan Morais da equipe Rockstar Energy Drink / Suzuki é o terceiro, Tomac o quarto, e Cole Seely da equipe semi-oficial Lucas Oil / Troy Lee Designs / Honda fecha os cinco primeiros.

Antonio Jorge Balbi Jr.
O brasileiro Jorge Balbi Jr., piloto da equipe 2B Duracell Racing / Italian Team, se classificou direto para a bateria final da categoria Supercross Lites ao conquistar um excelente quinto lugar na Heat 1 da categoria. Na final chegou a ocupar a sétima posição, mas acabou finalizando em 15º lugar. No campeonato, o mineiro Jorginho Balbi ocupa a 14ª posição com 31 pontos somados nas quatro etapas.

“Larguei no bolo, fiz boas ultrapassagens, assumi a sétima colocação e vinha fazendo uma ótima corrida. Estava muito próximo do sexto colocado e não tinha ninguém me pressionando. Até que na volta 9 errei as costelas e acabei caindo… atÉ que a moto pegou eu já tinha perdido uma volta. Triste ? Um pouco. Porém feliz e muito agradecido a Deus por estar com saúde e por estar andando em um pelotão que nem eu mesmo acreditava ser possível !!”, comentou Jorginho Balbi no seu perfil no Facebook.

Resultado da Heat 1 da categoria Supercross Lites Oeste
1. Broc Tickle
2. Ryan Morais
3. Cole Seely
4. Travis Baker
5. Antonio Balbi
6. Nick Paluzzi
7. Kyle Cunningham
8. Martin Davalos
9. Jake Canada

Resultado da Heat 2 da categoria Supercross Lites Oeste
1. Josh Hansen
2. Eli Tomac
3. Ken Roczen
4. Tyla Rattray
5. Casey Hinson
6. Ben Evans
7. James DeCotis
8. Bruce Rutherford
9. Gared Steinke

Resultado da Last Chance da categoria Supercross Lites
1. Ryan Marmont
2. Scott Champion

Resultado da quarta etapa da categoria Supercross Lites Oeste
1. Broc Tickle (Kawasaki)
2. Josh Hansen (Kawasaki)
3. Eli Tomac (Honda)
4. Ken Roczen (KTM)
5. Tyla Rattray (Kawasaki)
6. Ryan Morais (Suzuki)
7. Kyle Cunningham (Yamaha)
8. James DeCotis (Honda)
9. Bruce Rutherford (Kawasaki)
10. Ryan Marmont (KTM)
11. Gared Steinke (Yamaha)
12. Ben Evans (Kawasaki)
13. Nick Paluzzi (Yamaha)
14. Jake Canada (Kawasaki)
15. Antonio Balbi (Kawasaki)
16. Martin Davalos (Suzuki)
17. Scott Champion (Kawasaki)
18. Casey Hinson (KTM)
19. Travis Baker (Honda)
20. Cole Seely (Honda)

Classificação da categoria Supercross Lites Oeste após quatro etapas
1. Josh Hansen – 88 pontos (2 vitórias)
2. Broc Tickle – 87 (1 vitória)
3. Ryan Morais – 70
4. Eli Tomac – 69
5. Cole Seely – 60 (1 vitória)
6. Tyla Rattray – 58
7. Ken Roczen – 49
8. Martin Davalos – 45
9. Kyle Cunningham – 44
10. James DeCotis – 40 pontos

Categoria Supercross

O piloto americano Ryan Villopoto, da equipe oficial Monster Energy / Kawasaki e o australiano Chad Reed, da equipe Two Two Motorsports, dividiram a primeira curva, mas foi o piloto da Kawasaki quem levou a melhor, ficando com o holeshot e disparando na frente.

Reed ainda perdeu a segunda posição para James Stewart, da equipe oficial San Manuel / Yamaha, completando sua largada na terceira posição. O atual campeão Ryan Dungey, da equipe oficial Rockstar / Makita / Suzuki, largou em quarto lugar. Na terceira volta Villopoto cai em uma curva apertada para a esquerda, entregando a liderança para Stewart.

Largada do Main Event da categoria Supercross em Oakland

Largada do Main Event da categoria Supercross em Oakland

Villopoto chegou líder em Oakland mas agora está em segundo

Villopoto chegou líder em Oakland mas agora está em segundo

A partir daí, volta após volta o piloto da Yamaha foi abrindo uma vantagem confortável na pista escorregadia, sem sofrer pressão de ninguém até a bandeira quadriculada. O espetáculo ficou por conta da disputa entre Reed, Dungey e Villopoto, respectivamente segundo, terceiro e quarto colocados.

O atual campeão Ryan Dungey está apagado nesta temporada

O atual campeão Ryan Dungey está apagado nesta temporada

O veterano Kevin Windham ainda não subiu no pódio em 2011

O veterano Kevin Windham ainda não subiu no pódio em 2011

Na oitava volta, os três estavam andando muito próximos um do outro, sendo que na volta seguinte, Dungey e Villopoto começaram uma batalha pessoal, com Reed um pouco a frente dos dois. Na décima primeira volta, Dungey ultrapassou Reed e assumiu a segunda posição. Na volta número 16, Stewart se mantinha confortável na liderança, cerca de oito segundo a frente de Dungey, que por sua vez, estava três segundos na frente de Reed.

Villopoto mesmo após sofrer um novo tombo, ainda era o quarto colocado. Bandeirada quadriculada para Stewart que venceu a corrida, e na última curva, a poucos metros antes do salto de chegada, Reed conseguiu uma ultrapassagem emocionante sobre Dungey e finalizou em segundo. O atual campeão teve que se contentar em completar o pódio em terceiro.

Stewart conseguiu em Oakland a sua segunda vitória em 2011

Stewart conseguiu em Oakland a sua segunda vitória em 2011

Chad Reed conseguiu em Oakland o seu primeiro pódio em 2011

Chad Reed conseguiu em Oakland o seu primeiro pódio em 2011

Villopoto garantiu a quarta posição e o australiano Brett Metcalfe, da equipe oficial Rockstar / Makita / Suzuki, completou os cinco primeiros. Graças a esta nova vitória, sua segunda na temporada, e o quarto lugar de Villopoto, Stewart assumiu novamente a liderança do campeonato, mas com apenas dois pontos de vantagem sobre o piloto da Kawasaki, 92 contra 90.

Com a vitória James Stewart saiu de Oakland líder do AMA SX

Com a vitória James Stewart saiu de Oakland líder do AMA SX

Pódio da categoria SX com Dungey, Stewart e Reed

Pódio da categoria SX com Dungey, Stewart e Reed

Dungey é o terceiro com 78, Trey Canard da equipe oficial Red Bull/Honda Racing o quarto com 71, e apenas um ponto atrás, com 70 pontos, Reed fecha os cinco primeiros colocados. No próximo sábado, o AMA Supercross volta para o sul da Califórnia, quando será disputada a quinta etapa do campeonato, pela segunda vez na temporada no Angel Stadium, em Anaheim.

Resultado da Heat 1 da categoria Supercross
1. James Stewart
2. Trey Canard
3. Davi Millsaps
4. Austin Stroupe
5. Kyle Regal
6. Kyle Chisholm
7. Ivan Tedesco
8. Vince Friese
9. Nick Wey

Resultado da Heat 2 da categoria Supercross
1. Justin Brayton
2. Chad Reed
3. Ryan Villopoto
4. Kevin Windham
5. Ryan Dungey
6. Andrew Short
7. Brett Metcalfe
8. Matt Boni
9. Weston Peick

Resultado da Last Chance da categoria Supercross
1. Chris Blose
2. Dan Reardon

Resultado da quarta etapa da categoria Supercross
1. James Stewart (Yamaha)
2. Chad Reed (Honda)
3. Ryan Dungey (Suzuki)
4. Ryan Villopoto (Kawasaki)
5. Brett Metcalfe (Suzuki)
6. Trey Canard (Honda)
7. Kevin Windham (Honda)
8. Davi Millsaps (Yamaha)
9. Andrew Short (KTM)
10. Ivan Tedesco (Kawasaki)
11. Chris Blose (Kawasaki)
12. Matt Boni (Kawasaki)
13. Vince Friese (Yamaha)
14. Wpei (Yamaha)
15. Kyle Chisholm (Yamaha)
16. Dan Reardon (KTM)
17. Kyle Regal (Yamaha)
18. Justin Brayton (Yamaha)
19. Austin Stroupe (Yamaha)
20. Nick Wey (Yamaha)

Classificação da categoria Supercross após quatro etapas
1. James Stewart – 92 pontos (2 vitórias)
2. Ryan Villopoto – 90 (2 vitórias)
3. Ryan Dungey – 78
4. Trey Canard – 71
5. Chad Reed – 70
6. Brett Metcalfe – 55
7. Andrew Short – 49
8. Kevin Windham – 46
9. Justin Brayton – 39
10. Kyle Chisholm – 39 pontos

Calendário do AMA Supercross 2011
5ª Etapa – 5 de fevereiro – Anaheim / Califórnia (Angel Stadium)
6ª Etapa – 12 de fevereiro – Houston / Texas (Reliant Stadium)
7ª Etapa – 19 de fevereiro – San Diego / Califórnia (Qualcomm Stadium)
8ª Etapa – 26 de fevereiro – Atlanta / Georgia (Georgia Dome)
9ª Etapa – 5 de março – Daytona / Flórida (International Speedway)
10ª Etapa – 12 de março – Indianapolis / Indiana (Lucas Oil Stadium)
11ª Etapa – 19 de março – Jacksonville / Flórida (Jacksonville Municipal Stadium)
12ª Etapa – 26 de março – Toronto / Canadá (Rogers Centre)
13ª Etapa – 2 de abril – Arlington / Texas (Cowboys Stadium)
14ª Etapa – 9 de abril – St. Louis / Missouri (Edward Jones Dome)
15ª Etapa – 16 de abril – Seattle / Washington (Qwest Field)
16ª Etapa – 30 de abril – Salt Lake City / Utah (Rice-Eccles Stadium)
17ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Calendário do AMA Supercross Lites Oeste 2011
5ª Etapa – 5 de fevereiro – Anaheim / Califórnia (Angel Stadium)
6ª Etapa – 19 de fevereiro – San Diego / Califórnia (Qualcomm Stadium)
7ª Etapa – 16 de abril – Seattle / Washington (Qwest Field)
8ª Etapa – 30 de abril – Salt Lake City / Utah (Rice-Eccles Stadium)
9ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Calendário do AMA Supercross Lites Leste 2011
1ª Etapa – 12 de fevereiro – Houston / Texas (Reliant Stadium)
2ª Etapa – 26 de fevereiro – Atlanta / Georgia (Georgia Dome)
3ª Etapa – 5 de março – Daytona / Flórida (International Speedway)
4ª Etapa – 12 de março – Indianapolis / Indiana (Lucas Oil Stadium)
5ª Etapa – 19 de março – Jacksonville / Flórida (Jacksonville Municipal Stadium)
6ª Etapa – 26 de março – Toronto / Canadá (Rogers Centre)
7ª Etapa – 2 de abril – Arlington / Texas (Cowboys Stadium)
8ª Etapa – 9 de abril – St. Louis / Missouri (Edward Jones Dome)
9ª Etapa – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Shootout Oeste x Leste Supercross Lites 2011
Etapa única – 7 de maio – Las Vegas / Nevada (Sam Boyd Stadium)

Confira como foram as etapas anteriores do AMA Supercross 2011

3ª Etapa – 22 de janeiro – Los Angeles / Califórnia
2ª Etapa – 15 de janeiro – Phoenix / Arizona
1ª Etapa – 8 de janeiro – Anaheim / Califórnia

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
É Cláudio, tem sentido o teu pensamento.

Até p q na real em 2010 o Dungey viu o campeonato cair no seu colo em cima dos erros dos outros e como o campeonato é mesmo muito longo…… tem mais 13 etapas…… tudo pode acontecer …..

Falowwww

Jorge

Twitter: claudiodamata38
Não acho que o Dungey está em uma temporada apagada. Ele está tentando ser consistente sem cometer erros. Até agora os dois principais protagonistas do campeonatos caíram em todas provas. Resta saber se continuarão a ter sorte nos tombos. Num destes podem machucar e colocar o campeonato como perdido. Olhem o Josh Grant….. então acho que o Dungey no mínimo vai ser terceiro colocado, mas arrisco dizer que ele tem grandes chances de vencer o campeonato ainda com seus próprios méritos. Ele está crescendo em ritmo e pegando mais confiança. Creio que a próxima etapa vai ser fundamental para ele encarar este campeonato como chances de ganhar ou continuar correndo pelas beiradas e ficar no máximo em terceiro lugar no campeonato.

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly