Marçal e Enzo venceram no Brasileiro de MX em Foz

Por André Charão | Foto por Maurício Arruda | 04 de junho de 2012 - 19:44

Duas semanas após consagrar-se como o piloto brasileiro de melhor desempenho na MX2 na etapa brasileira do Mundial de Motocross realizada em Santa Catarina, o gaúcho Marçal Müller, da cidade de Nova Hartz, subiu ao lugar mais alto do pódio da categoria MX2 na terceira etapa do Brasileiro de Motocross realizada em Foz do Iguaçu, no Paraná, neste último final de semana.

Do 18ª lugar no Mundial para a vitória na categoria MX2 no Brasileiro de Motocross teve algo em comum : a determinação do piloto gaúcho e a pista embarrada. Na primeira bateria Marçal largou na oitava colocação, aos poucos foi ganhando terreno até conquistar a terceira colocação à partir daí a tática foi manter até o final, sem forçar e evitar erros, afinal de contas, tudo ficaria para a segunda bateria.

A segunda bateria não começou como o planejado, Marçal largou na 12ª posição, com isso, foi inevitável usar o plano B, Marçal forçou um pouco mais o ritmo, aos poucos os adversários foram ficando para trás. Na última volta já era o quarto colocado, e no último duplo antes do arco de chegada o também gaúcho Leonardo Lizott/Sertão, que vinha na terceira colocação não saltou, Marçal foi para o tudo ou nada e emendou a duplo mesmo com a pista pesada e conseguiu a ultrapassagem terminando a segunda bateria novamente na terceira colocação.

Marçal 'Massa' Müller

Marçal 'Massa' Müller

Na soma dos resultados Marçal foi o vencedor da etapa  saindo da 12ª posição para ficar entre os cinco primeiros colocados na classificação geral. Leonardo Lizzot terminou a etapa na quarta colocação. O Rio Grande do Sul foi representado em todas as categorias, confira os resultados dos pilotos gaúchos na terceira etapa do Brasileiro de Motocross em Foz do Iguaçu.

Já na categoria MX3, o piloto Walter Tardim, que é carioca mas é filiado pela Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM, ficou com a quarta posição na etapa. E o jovem piloto Enzo Lopes, de Lajeado, foi o grande vencedor da categoria 150 (ex-categoria 85), superando pilotos com mais idade que ele.

Categoria MX1
13º – Mateus Basso/Gentil
15º – Douglas ‘Duda’ Parise/Casca
18º – Lucas Basso/Gentil
20º – Frederico Andrigo/Marau

Categoria MX2
1º – Marçal Müller/Nova Hartz
4º – Leonardo Lizott/Sertão

Categoria MX3
12ª – Maiara Basso/Gentil
13ª –  Gustavo Visotto/Carazinho
14º – Leandro Schwindt/Novo Hamburgo

Categoria 150
1º – Enzo Lopes/Lajeado
11º – Leonardo Limberger/Santa Cruz do Sul

Categoria 65
7º – Felipe Migliorini/Marau
8º- Felipe Moares/Marau
9º – Bernardo Piccoli/Marau
13º – Gabriel Andrigo/Marau

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly