Resultados do Rondoniense de Velocross em Primavera

Por Chico Limeira | Fotos por Divulgação | 04 de junho de 2012 - 22:01

Garantindo mais uma grande festa esportiva de emoção e adrenalina, o fim de semana foi marcado por acirrados duelos ocorridos na pista do Motodromo Municipal de Primavera de Rondônia,valendo pela terceira Etapa do Campeonato Rondoniense de Velocross 2012. Numa pista considerada de velocidade alta,onde os pilotos puderam acelerar forte, Diego Henning # 191 (MastterRacing/Honda/Saga/ASW/ColorPress), de Porto Velho, Flavio Pereira # 18 (Rodar Motos) de Santa Luzia e Valdinei Correa # 88 (Posto Pit Stop), de Pimenta Bueno, foram os líderes a vencer em suas respectivas categorias, MX Especial, 150cc e MX3.

No sábado a tarde, foi grande a movimentação no local, com um numero expressivo de motos participando dos treinos livres e tomadas de tempo para a corrida. No domingo, a festa começou ainda nas primeiras horas da manhã, com a realização do warm-up, onde os pilotos aproveitaram para fazer os últimos ajustes em suas máquinas. Ainda pela manhã foram realizadas três baterias, válidas pela prova, que teve sua complementação à tarde em mais um show de velocidade e emoção sobre duas rodas. O público que mais um vez lotou as arquibancadas e camarote, vibraram cm cada pega na pista.

Verdinho segurou o líder Cléber e venceu a primeira na 100
Vice líder da categoria 100cc com apenas seis pontos atrás do primeiro colocado Cléber Júnior # 4 (JM Motos/Eletro Motores Líder), de Cacoal, o piloto Wellington Fernandes, o “Verdinho” # 68 (Dakar Motos), de Colorado Oeste não quis deixar o líder isolar à frente na corrida pelo título e andando num ritmo bastante forte, conquistou pela primeira vez o lugar mais alto do pódio ao garantir um segundo lugar da primeira bateria e vencer a segunda bateria. Em ambas as baterias, Cléber Júnior largou forte, assumindo a ponta e andando num ritmo intenso. Na primeira bateria, Odair Meirelles, o “Coyote” # 51 (Coyote Motos/Ceará Motos), de Pimenta Bueno ainda tentou ameaçar o posto do líder, mas com o pneu da moto furado, teve de se segurar para completar a prova. Mesmo enfrentando alguns problemas com o traçado, Verdinho buscou se recupera para fechar na segunda posição. Na segunda bateria, Cléber voltou a sair na frente, mas nas últimas voltas não segurou a pressão adversário direto pela liderança, sendo ultrapassado por Verdinho, que na soma geral levou a primeira colocação.
Wellington 'Verdinho' Fernandes

Wellington 'Verdinho' Fernandes

Claudio Barbizan passei absoluto e vence mais uma VX4
Na bateria contando com o maior número de motos na pista, a categoria VX4 para pilotos acima dos 41, largando junto com a VX3 também de participantes veteranos, na faixa etário dos 35 aos 40 anos, o vilhenense Claudio Barbizan # 12 (Moto Sport), mostrou mais uma vez a sua experiência, largando na ponta e se mantendo na dianteira entre os competidores da VX4. A exemplo do que aconteceu na primeira bateria, Barbizan largou à frente na segunda, andando forte e deixando seus adversários embolados, numa disputa ferrenha pela segunda posição. Sergio Luiz # 33, da cidade de Rolim Moura voltou a andar bem e garantiu a segunda posição, mantendo-se na vice liderança do campeonato entre os pilotos acima dos 41 anos. Amarildo José # 2 (Nikima Motos), Itanel Vitorino # 41 (Vaccari Veículos) e Ariovaldo Perez # 23 (Ceará Motos), ambos da cidade de Espigão do Oeste, completaram o pódio.
Claudio Barbizan

Claudio Barbizan

Valdinei Correa amplia vantagem na disputa da VX3
Mostrando na pista uma grande evolução, o piloto de Pimenta Bueno Valdinei Correa # 88 (Posto Pit Stop), estreante na disputa da categoria VX3, fez uma prova perfeita, andando num ritmo bem acima dos seus adversários, para vencer pela segunda vez na temporada e ampliar a liderança no campeonato. Mesmo não fazendo uma boa largada em ambas as baterias, Valdinei acelerou com força total para superar seus adversários diretos, Osmar Canale # 68 (Star Motos), de Colorado do Oeste, vice líder da temporada e Agnaldo Feliciano, o “Periquito” # 5 (Nikima Motos), de Espigão do Oeste. Valdinei que havia vencido na primeira etapa, em Rolim de Moura e não foi bem em Colorado, com a vitória na etapa de Primavera, chegou aos 140 pontos na temporada, contra 127 do vice líder Osmar Canale. Jean Antônio # 43 (LG Auto Socorro), de Vilhena, vencedor da etapa de Colorado do Oeste, ainda tentou repetir o feito, mas não conseguiu desenvolver a mesma performance, completando a prova na quarta posição, à frente do Pastor Jefferson Lins # 7 (Imaral Pneus/Construmaq), de Espigão do Oeste.
Valdinei Correa

Valdinei Correa

Na experiência, líder Flavio Pereira aumenta vantagem na 150
Segunda maior categoria no número de motos inscritas, a disputa da categoria 150cc mais uma vez foi vencida pelo jovem e aguerrido Flavio Pereira # 18 (Rodar Motos/Retifica de Motores S), da cidade de Santa Luzia do Oeste. Na pista de Primavera de Rondônia, o adversário de Flavinho a ser batido foi o cacoalense André Carbonera # 75 (Paraná Motos/Doce Japone), que fez excelente largada na primeira bateria e chegou a estar isolado à frente, mas acabou alcançado por Flavinho, que depois de encostar, aguardou o momento oportuno para dar o bote e assumir a ponta. Carbonera vacilou e na última curva ainda perdeu a segunda posição para Rogério Aparecido # 171 ( Terra Motos/Academia Vida), de Alta Floresta do Oeste. Na segunda bateria, André Carbonera voltou a largar na frente, mas pressionado por Flavinho, na metade da prova perdeu o traçado, perdendo com isso várias posições. Flavio Pereira venceu a segunda bateria, trazendo com ele Wanderson Holanda # 788 (Deputado Lebrão/Posto Lebrinho), de São Francisco do Guaporé. Com o resultado, Flavinho aumentou a sua vantagem na corrida pelo título, chegando aos 145 pontos, passando a depender apenas de si para conquistar o feito, uma vez que seu concorrente direto, Josimar Finotti # 444, de Cacoal, fraturou a mão e deve ficar fora de pelo menos três etapas.
Flavio Pereira

Flavio Pereira

Vitim voa baixo e entra na briga pela liderança da Força Livre
Apesar de não participar da etapa de abertura da temporada 2012 de Velocross, o piloto cacoalense Victor Carlos # 4 (Posto Fórmula-1/Expresso Cacoal) foi uma das grandes atrações da prova do último fim de semana, andando acima do limite e vencendo com folga as duas baterias da categoria Força Livre para motos de nacionais de preparação livre. Após cravar as melhores marcas já nos treinos de tomadas de tempo, Vitim largou bem e liderou a primeira bateria de ponta a ponta,fechando com uma ampla vantagem sobre o vilhenense Patrick de Brito # 777 (Voldiésel/Comercial Marinho). O piloto Riderson Carlos # 80 (Mastter Motos/ColorPress), de Rio Branco-AC, começou a prova andando muito forte, mas logos nas primeiras voltar sua moto parou, tirando-o da disputa. As emoções com o show a tarde de Vitim ficaram para a segunda bateria, quando o piloto largou na frente, mas ainda nas primeiras curvas sua moto “parou”. Religada a máquina, Vitim saiu da última posição para em menos de duas voltas estar na vice liderança, quando perdeu o traçado, caindo, mas se recuperando rápido e mesmo tendo voltando as últimas posições, voltou a acelerar forte para antes da metade da prova encontrar no líder e passar. Vitim completou a prova com mais de pista à frente do segundo colocado Patrick, líder da categoria Força Livre com 128 pontos, 28 pontos a frente de Vitim.
Victor Carlos

Victor Carlos

Diego Henning dita o ritmo da prova na VX Especial
Tricampeão Estadual de MX na categoria 85cc, terceiro colocado na MX2 na última temporada, o pequeno Diego Henning, de 16 anos foi mais uma vez a atração principal da Etapa de Velocross no último fim de semana na cidade de Primavera de Rondônia. Pilotando sua Honda de 250cc, Dieguinho além da fazer o melhor tempo oficial dos treinos e warm-up, não quis saber de dar chances aos seus concorrentes, vencendo com larga vantagem as duas baterias disputadas da categoria VX Especial para motos Importadas. Assim como foi na primeira bateria, Diego Henning liderou também a segunda bateria de ponta a ponta, fechando a prova com uma larga vantagem sobre os demais. A disputa forte da categoria VX Especial ficou entre os pilotos Diego Ferrari # 961 (Decar/Ceará Motos/Nikima Motos), de Espigão do Oeste e Walcenir Montes, o “Leitão” # 102 (Retifica Retirama), de Rolim de Moura, segundo e terceiro colocados, respectivamente. Apesar de ter se esforçado bastante na prova, Leitão chegou a largar à frente de Ferrari, mas não conseguiu segurar a posição. Os dois brigam ponto a ponto na classificação geral da temporada, com Leitão garantindo a segunda posição somando 124 pontos contra 113 de Diego Ferrari, terceiro colocado. A liderança da categoria é de Diego Henning, com 150 pontos conquistados.
Largada da principal categoria a VX Especial

Largada da principal categoria a VX Especial

Para a realização da terceira Etapa do Campeonato Estadual de Velocross 2012, a federação de Motociclismo de Rondônia – FMR contou com a parceria do deputado Estadual Kaká Mendonça e Prefeitura de Primavera de Rondônia, apoio do Governo de Rondônia, Ministério do Esporte, Honda, senador Valdir Raupp, deputada federal Marinha Raupp, deputado federal Natan Donadon, deputados Jean Oliveira, Valdivino Turuca, Neodi Carlos, Adelino Follador, Luiz Claudio, Edson Martins e Luizinho Goebel, Ciclo Cairu, Castilho Estrutura Metálicas, Cairu Transporte, Lind’água e Instaladora São Luiz.
Resultado da terceira etapa do Rondoniense de Velocross 2012

Categoria 100
1º – # 68 – Wellington “Verdinho” Fernandes – Colorado do Oeste
2º – # 4 – Cleber júnior – Cacoal
3º – # 35 – Maicom Douglas – Chupinguaia
4º – # 5 – Ozias Vieira – Rolim de Moura
5º – # 51 – Odair Meirelles – Rolim de Moura

Categoria VX4
1º – # 12 – Claudio Barbizan – Vilhena
2º – # 33 – Sergio Luiz – Rolim de Moura
3º – # 2 – Amarildo “Nikima” José – Espigão do Oeste
4º – # 41 – Itanel Vitorino – Espigão do Oeste
5º – # 23 – Ariovaldo Perez – Espigão do Oeste

Categoria VX3
1º – # 88 – Valdinei Correa – Pimenta Bueno
2º – # 68 – Osmar Canale – Colorado do Oeste
3º – # 7 – Agnaldo Feliciano – Espigão do Oeste
4º – # 43 – Jean Antônio – Vilhena
5º – # 7 – Jefferson Lins – Espigão do Oeste

Categoria 150
1º – # 18 – Flávio Pereira – Santa Luzia do Oeste
2º – # 788 – Wanderson Holanda – São Francisco
3º – # 171 – Rogério Aparecido – Alta Floresta
4º – # 75 – André Carbonera – Cacoal
5º – # 6 – Vanderlei Júnior – Rolim de Moura

Categoria Força Livre Nacional
1º – # 4 – Victor Carlos – Cacoal
2º – # 777 – Patrick de Brito – Vilhena
3º – # 123 – Marcelo Perondi – Vilhena
4º – # 5 – Agnaldo Feliciano – Espigão do Oeste
5º – # 16 – Marionei Moreira – Cupinguaia

Categoria VX Especial
1º – # 191 – Diego Henning – Porto Velho
2º –  # 961 – Diego Ferrari – Espigão do Oeste
3º – # 102 – Walcenir Montes “Leitão” – Rolim de Moura
4º – # 88 – Valdinei Correa – Pimenta Bueno
5º – # 38 – Pedro Tozzo – Vilhena

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly