Resultados de domingo do Brasileiro de MX em Alvorada

Por Divulgação | Fotos por Divulgação | 10 de junho de 2012 - 21:00

Neste domingo, 10 de junho, rolou a quarta etapa do campeonato Brasileiro de Motocross 2012 nas categorias MX1, MX2 e 150/180, evento realizado em Nova Alvorada do Sul, no Estado do Mato Grosso do Sul. A competição é organizada e supervisionada pela Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM, e promovida pela Federação Sul-matogrossense de Motociclismo – Femems.

A regularidade do inglês Adam Chatfield garantiu sua vitória nesta tarde. Em todas as oito baterias disputada neste ano, Chatfield sempre ficou entre os cinco melhores pilotos de cada uma, em Mato Grosso do Sul não foi diferente, com o primeiro lugar na primeira bateria e o terceiro na segunda, ele ocupou o lugar mais alto no pódio.

O mineiro Jorge Balbi Júnior veio em seguida, com um segundo e um terceiro lugar, respectivamente na primeira e segunda bateria, sendo o vice-campeão. “O final de semana foi complicado, mas positivo, tive dificuldades na largada da primeira bateria, mas consegui me recuperar”, comentou Balbi. Sobre ter estrangeiros “incomodando” e liderando a temporada, Balbi explica que não atrapalha e sim motiva e é positivo. Na temporada, o mineiro está em 5º lugar, com 134 pontos.

Quem ocupou terceiro lugar no pódio da MX1 foi o goiano Wellington Garcia, que conquistou o segundo e quarto lugar nas baterias ficando assim com a terceira colocação na classificação final e em quarto na temporada, com 146 pontos.
Falando em estrangeiro, o líder da temporada teve mais uma vez problemas durante as baterias, como ocorreu nas etapas anteriores.

Desta vez o espanhol vinha na segunda colocação, quando seu pneu dianteiro furou faltando 12 minutos para o fim da prova e ele teve que fazer a troca, o que o fez cair para a 11º colocação, e por fim terminando em 10º. Na segunda bateria o gringo voltou a todo vapor, vencendo ela e faturando o 4º lugar no pódio, ficando com 169 pontos na competição. O curitibano Leandro Silva foi o quinto colocado em Nova Alvorada, chegando em ambas baterias na mesma quinta colocação. Na temporada Silva chegou a 147 pontos, ocupando o terceiro posto.

Adam Chatfield

Adam Chatfield

Os pilotos Fábio Aparecido dos Santos e Gustavo Pessoa venceram hoje as provas das categorias 150 e 180 Júnior, respectivamente, em Nova Alvorada. O piloto paulista de Jarinu, mais conhecido como Fabinho, venceu com sua Honda, praticamente de ponta a ponta, com o tempo de 25’43’’049.

Seguido pelo gaúcho da cidade de Lajeado, Enzo Lopes, que chegou cinco segundos atrás do vencedor, mas teve de consolo a volta mais rápida da prova, com 1’57’’256. Em terceiro, também pilotando uma Honda, o catarinense da cidade de Massaranduba, José Brayan Padilha Soares, seguido pelo goiano Kioman De Jesus Navarro Munhoz e em quinto, o paranaense Daniel Reichhardt, da cidade de Guarapuava.

Pódio da categoria 150 em Nova Alvorada

Pódio da categoria 150 em Nova Alvorada

Já na categoria 180, disputada juntamente com a 150, também foi a prova da categoria de 180, com a vitória da Honda de Gustavo Pessoa de São Paulo. O paranaense de Ivaiporã, Matheus Galves de Souza completou a prova com 35 segundos depois do paulista também com uma Honda. De Aparecida de Goiânia veio o terceiro colocado na prova, Yan José Hilário Machado, também com uma Honda. Seguido pelo paraguaio Pedro Ramirez e o mato-grossense, Ayrton Jos Bianchi Junior. A próxima etapa das categorias acontece nos dias 30 de junho e 1º de julho, na cidade de Sorriso, no Mato Grosso.
Pódio da categoria 180 em Nova Alvorada

Pódio da categoria 180 em Nova Alvorada

O piloto paulista Hector Assunção venceu a etapa de Nova Alvorada do Sul ao garantir a primeira colocação nas duas baterias e se isolou ainda mais na liderança do campeonato Brasileiro de Motocross MX2. Assunção chegou a 170 pontos na temporada e destacou como o fim de semana perfeito, e não é por menos também que dominou praticamente de ponta a ponta ambas as baterias.“A pista é arenosa, gosto de percursos como este de Nova Alvorada do Sul”, comentou o vencedor.

Outro destaque da etapa de Mato Grosso do Sul foi a participação do piloto Eduardo ‘Dudu’ Lima, que se lesionou na etapa do mundial em Penha/SC, no circuito Beto Carreiro, e não participou da corrida de Foz de Iguaçu. A previsão era de que ficasse 45 dias afastado, mas ele foi para a pista em seu limite, almejando ficar entre os cinco. E não é que conseguiu !!! Ele disputou a primeira bateria e terminou em terceiro lugar, somado a segunda bateria, em que ele não disputou ele alcançou seu objetivo, ficando com o 5º lugar, na temporada com 128 pontos.

O segundo colocado na etapa foi o gaúcho Leonardo Lizott, que chegou a primeira bateria em segundo lugar e na bateria final assegurou o 4º lugar, assim ficando com o 2º lugar da prova. Em terceiro, ficou o paulista da cidade de Borborema, Anderson Amaral, que na primeira bateria terminou na terceira colocação e na complementar garantiu o segundo. Em seguida, na quarta colocação, o sergipano, Rodrigo Lama que fez uma primeira bateria terrível, ficando apenas com a 12ª colocação, mas na última deu show e ficou com a terceira colocação, que garantiu o quarto lugar no pódio.

Hector Assunção

Hector Assunção

Confira os resultados completos das disputas deste domingo:

Primeira bateria da categoria MX1

Segunda bateria da categoria MX1

Primeira bateria da categoria MX2

Segunda bateria da categoria MX2

Categorias 150/180

Confira a classificação do Brasileiro de Motocross após quatro etapas:

Categoria MX1

Categoria MX2

As categorias 150/180 não foram atualizadas pela CBM

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly